sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

OKUTÁ (OTÁ)

Okutá, por elisão Otá = pedra para assentamento de oríşas.


É muito importante que saibamos a diferença entre uma pedra comum e um verdadeiro otá. Pedra é pedra; e um otá é um otá e não pode haver engano, porque um otá de oríşa representa uma vida e, portanto e para tanto não pode haver engano.
É preciso saber a diferença, pois uma pedra comum não tem vida, é morta e, com certeza não pode responder por nenhum apelo.

 Entre um otá e uma pedra comum do mesmo tamanho, o otá pesa mais.
 Segundo me foi dito, um otá tem que ter a forma tal e qual da geração humana. O formato do otá masculino é ao comprido e o feminino redondo.
 Um otá não pode ser quebrado e nem polido.

Otás retirados de rio.
À esquerda oríşa homem (oboró), à direita oríşa mulher (ayabá).

Otás retirados do mar.

À esquerda otá para oboró e à direita para ayabá.



Estes otás podem ser para oríşas tanto fêmea como macho ou que respondam pelos dois sexos.

Os otás colhidos no mar, porém podem ter vários tipos de formatos e ressaltos, a água do mar provoca a erosão que se encube de formar otás especiais. Embora sejam recortados, furados, não perdem sua essência e mantém seu peso e valor.
Abaixo alguns otás marítimos que dependendo de como ele é posicionado, podemos enxergar um animal, um totem, um, coração, um ibi, etc.

3 comentários:

  1. Interessante! Só veio confirmar o que eu ja intuía com as minhas observações a cerca da natureza. Legal!
    Alagoinhas-Ba

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a explicação, eu gostaria de saber se posso usar uma rocha, como granito ou mármore para servir de otá ao Pai Obaluaê, e se pra Ogum seria bom uma Hematita bruta ?

    ResponderExcluir
  3. oii gostaria de saber se alguem sabe alguma coisa sobre um ota ja sento q deu cria em meio ao algodão e mel
    pq o ota q foi sento pro meu pai oxaguian deu duas crias! e qro saber o q significa por favor quem souber responnda! no meu email é sassah_fagundes@hotmail.com
    desculpem os termos usados mas foi para vcs entenderem!

    ResponderExcluir